Categorias
Fotografia

RAW ou JPEG qual é o melhor?

Quando falamos em fotografia, os dois arquivos principais são o Raw e o JPG. Mas, uma grande dúvida dois fotógrafos amadores e iniciantes é: Raw ou JPEG, qual é o melhor? Leia este post até o final que eu te explico!

assista também ao nosso vídeo sobre Raw vs JPEG

Precisa de ajuda na produção de fotos da sua empresa?

Configurações

Você já deve ter visto no menu das câmeras semi profissionais e profissionais que é possivel escolher 2 formatos de arquivos, RAW e JPEG. Você pode escolher fotografar usando um ou outro formato ou os 2 ao mesmo tempo. As câmeras vêm de fábrica com JPEG como padrão.


Quem está começando na fotografia, certamente usa JPEG. E se usou RAW só de curiosidade, deve ter tido problemas pra abrir a imagem.

JPEG

Primeiramente, o JPEG ou JPG. Esse não é nenhuma novidade pra você, afinal é um arquivo de imagem padrão e provavelmente todas as fotos no seu computador ou no celular, se não todas, com certeza a maioria está em JPEG.

É o formato mais popular por ser suportado por praticamente qualquer dispositivo ou software (celular, computador, redes sociais), pois é um arquivo de imagem compactado que, mesmo com perdas, gera uma imagem com otima qualidade em um arquivo pequeno. Já sai pronto da sua câmera pra abrir no computador ou compartilhar com qualquer um.

RAW

Já o RAW é tipo um negativo digital, que tem todas as informações da imagem porém, não processadas. Daí o nome RAW, que traduzido pro portugues é CRU. Por isso ele é um arquivo bem maior e você vai precisar, necessariamente, de um software (Lightroom ou Photoshop) pra editar essa imagem antes de conseguir abrir em qualquer visualizador ou compartilhar. Existem outros programas, mas esses 2 são os mais comuns.

Qual o melhor Raw ou JPG?


Afinal, qual o melhor, RAW ou JPEG? Se você estiver fotografando apenas em RAW, você vai conseguir ver a sua foto processada no visor da câmera. Mas, é apenas um JPEG de preview que só vai existir dentro da câmera.

Ah, então o JPEG é melhor que o RAW!
Calma! Vamos ver as vantagens e desvantagens de cada um.

Vantagens do JPEG

  • A imagem sai da camera pronta pra usar. Não precisa editar.  
  • São arquivos pequenos. Por isso vão exigir menos espaço no seu cartão de memória, no seu computador e nos seus backups em nuvem.
  • Por serem pequenos, vc pode compartilhar facilmente e bem rápido. Boa parte das cameras atualmente possuem WIFI, o que te dá a possibilidade de transferir na hora pro celular e subir pras suas redes sociais.
  • É um formato universal que qualquer pessoa vai poder abrir, imprimir, compartilhar, sem qualquer dificuldade.


Desvantagens do JPEG

A primeira vantagem já é a primeira desvantagem. Por sair pronto da câmera, todos os ajustes que você fizer, como balanço de branco, exposição, picturestyle, etc, vão ficar armazenados na imagem e não tem como voltar atrás. Até tem como ajustar, mas de forma muito limitada.
– Por ser comprimido, o arquivo vai ter menos dados da imagem, o que resulta em menos cores, menos contraste, menos alcance dinâmico (que é a quantidade de tons entre o ponto mais escuro e o mais claro da foto), menos nitidez.
– Pouca possibilidade de edição e recuperação de imagem. Por exemplo, se você errou na exposição e a foto ficou muito clara ou muito escura, vc não vai ter dados suficientes pra poder recuperar esses detalhes na edição.


Vantagens do RAW


– Como é um arquivo sem processamento ou compressão, ele tem todos os dados captados pelo sensor da câmera. Isso te dá uma gama de cores muito maior que o JPEG e uma faixa dinâmica bem maior tambem.
– O RAW possibilita recuperar fotos muito claras ou muito escuras. Obviamente tem um limite.
– A maior parte dos ajustes que você fizer na câmera são ignorados no RAW. Por exemplo, se você errou exageradamente o balanço de branco, não faz diferença. Se você fotografou em preto e branco, não faz diferença, as cores estão todas registradas no RAW. A exposição não é ignorada, mas tem uma margem enorme pra ajuste.


Desvantagens do RAW

  • Arquivos maiores. Um arquivo RAW pode ser 4 vezes maior que um JPG. Então já tenha em mente que vai precisar de mais espaço no cartão de memória e no computador.
  • Você vai, necessariamente, ter que editar essa imagem antes de poder usar, enviar pro cliente ou compartilhar nas redes sociais.
  • Pra essa edição vc precisa de programas específicos. Não é qualquer programa que suporta RAW. Como já disse antes, os mais populares são os da Adobe, o Lightroom e o Photoshop.
  • Por precisar de edição e conversão pra um arquivo como JPEG, TIFF, PNG, etc, isso adiciona um tempo a mais no seu fluxo de trabalho.


Vou mostrar rapidamente, na prática, essas diferenças.

Conforme visto nas imagens acima, quando utilizamos o RAW conseguimos editar mais nuanças de exposição e cores que em um arquivo em JPG.

Então, o que usar, RAW ou JPEG?


Então, qual melhor RAW ou JPEG? Pra variar, depende.
Na RED só fotografamos em RAW e costumamos dizer “fotografe em RAW sempre que possivel”. Porque precisamos ter o máximo que a a câmera pode oferecer, garantindo uma imagem de alta qualidade, com todas as cores e com flexibilidade tanto pra edição quanto pra correção das imagens.

Quem trabalha com eventos e precisa subir as fotos para as redes sociais ainda durante o evento, por exemplo, o RAW não é uma boa opção. Com o JPEG a imagem já está pronta, é só pegar do cartão de memória direto pro computador e mandar pra onde precisar. Assim como quando a câmera tem wifi, já transfere direto dela e tá resolvido.


Uma outra ocasião onde o JPEG pode ser melhor que o RAW é em fotografia de esportes, quando é preciso fazer disparos contínuos.  Como o RAW é muito maior que o JPEG, a câmera suporta menos disparos contínuos de uma vez e isso pode fazer toda a diferença pra conseguir aquela foto perfeita do momento perfeito.

Se você fotografa por hobbie ou suas fotos não necessitam da maior qualidade possivel, o JPEG resolve o seu problema. Mas se você pretende se profissionalizar ou obter fotos com maior qualidade, começe a praticar usando o RAW.

Quer saber mais sobre produção audiovisual? Acesse nossas redes sociais!

Gostou do conteúdo? Se inscreva para receber nossa newsletter!

Processando…
Sucesso! Você está na lista.
Categorias
Audiovisual tendências

10 TENDÊNCIAS DO AUDIOVISUAL PARA 2022

O audiovisual é um seguimento que está em constante transformação. E para trabalhar com  audiovisual é preciso estar muito bem informado! Por isso, listamos as 10 tendências do audiovisual para 2022.

Precisa de ajuda na produção de vídeos?

Fale conosco!

1- MOTION GRAPHICS

Motion Graphics são animações gráficas que podem ser feitas com textos e imagens 2d ou 3d.

Os motion graphics não são novidade. Mas, a combinação do motion graphics com outras técnicas de vídeos são a tendência de 2022!

A mistura de stop motion com motion graphics por exemplo, como no job que fizemos para a Loccitane au Bresil. Ou mesmo o clipe da Anitta com Black Eyed Peas que possui muitos motions interagindo com a filmagem.

Ou até mesmo a mistura de elementos de motion graphics em 3d misturados a filmagem de captação com drones.

Não tem muita regra por aqui e a criatividade ditará essa tendência!

2- VIDEOS COM TEXTOS

Os vídeos com textos animados (ainda seguindo a tendência do motion graphics) também estão em alta para 2022.

Nos últimos anos os lyrics vídeos se tornaram populares e são um dos principais responsáveis por esta tendência.

Mas, ao invés de fontes básicas e efeitos caretas, os textos animados ganham muito mais modernidade com fontes criativas e efeitos muito mais criativos.

3- GREEN SCREEN

Após quase 2 anos nos adaptando as reuniões e eventos remotos, já estamos totalmente inseridos ao modo green screen. Mas, ao invés de seguir como arma para disfarçar seu ambiente e salvar sua rerunião, o green screen vem como uma ferramenta para auxiliar aos eventos híbridos (presencial e digital).

O green screen ou chroma key é um a execelente ferramenta para apresentações mais rebuscadas, como para convenções empresariais, por exemplo.

4- VIDEO WALLS

Já falamos por aqui sobre a tendência do visual merchandising vir forte em 2022 com a retomada do movimento nas lojas presenciais. E seguindo esta tendência, vem os vídeo walls

Com o preço dos painéis de led mais acessíveis (em comparação há alguns anos atrás) e a praticidade que ele proporciona, (afinal, você pode ter um conteúdo sempre atualizado somente trocando um pendrive) os vídeo walls são uma ótima opção.

Já vimos alguns exemplos de vitrines totalmente em 3d que chamam a atenção de qualquer um que passe em frente a loja. Mas, é possível através do vídeo wall fazer também diversos outros tipos de vídeos como fashion films,  filmes publicitários temáticos ou até mesmo short films mais comerciais com inserção de motion graphics com informações sobre o produto como benefícios e preços, por exemplo.

5- REALIDADE VIRTUAL

A realidade virtual também é uma grande tendência para 2022. O tão falado ultimamente, Metaverso vem invadindo o dia a dia das marcas, principalmente das marcas que atendem um público da geração Z.

6- ROBÔS

Os robôs invadiram as produções audiovisuais! Os mais diversos tipos de robôs já estão sendo utilizados nas produções audiovisuais de grande porte tanto quanto nas de médio e pequeno porte.

Desde drones remotamente pilotados até braços robóticos que nos ajudam a conseguir movimentos de câmera ainda mais criativos e estabilizados.

7- VIDEO CONTENT MARKETING

A estratégia de vídeo marketing se consolida em 2022. Afinal, os vídeos invadiram de vez a internet em 2021 e em 2022 serão o estilo de conteúdo digital mais consumido, sejam nas redes sociais ou nos streamings.

8- COLORFUL MINIMALISM

Quando pensamos na estética minimalista imediatamente pensam,os em preto e branco, certo? Então, para 2022 a estética minimalista é baseada em cores.

Utilizando ou colorblocks ou mesmo 2 tons semelhantes de uma única cor.

10 tendências do audiovisual para 2022 Fotografia stilllife

Essa estética vêm crescendo como tendência no conteúdo audiovisual tanto em fotos e vídeos assim como no design gráfico.

9- ESTÉTICA 3D

A estética 3D é uma tendência apontada pelos hubs de tendência mundial tanto quanto para o design gráfico quanto para o audiovisual.

Com a democratização da informação e dos softwares, o design 3D se tornou mais acessível e com isso ainda mais marcas e artistas estão utilizando este recurso em suas produções.

10- MAXIMALISM COLORFUL

O maximalismo abstrato foi apontado como tendência de design  gráfico e que vêm ditando uma tendência para as produções audiovisuais também.

Com formas, cores e elementos que aparaentemente não deveriam estar juntos, mas que ao mesmo tempo formam uma estética tão vibrante que você se sente imediatamente atraído a olhar e buscar todas as informações que estão contidas naquela arte.

Então, estas foram as 10 tendências do audiovisual para 2022. Quer saber mais sobre produção audiovisual? Acesse nossas redes sociais!

Gostou do conteúdo? Se inscreva para receber nossa newsletter!

Processando…
Sucesso! Você está na lista.
Categorias
Audiovisual

O que faz uma produtora audiovisual?

Já que nosso vídeo sobre O que é audiovisual conseguiu ajudar bastante gente a entender melhor o que é audiovisual, resolvemos escrever este post pra poder falar todos os detalhes sobre o que faz uma produtora audiovisual.

Precisa de ajuda na produção de conteúdo audiovisual?

Fale conosco!

O que é uma produtora audiovisual?

Uma produtora audiovisual é uma pessoa ou empresa que se especializa em produzir obras audiovisuais, sejam filmes, séries, clipes, curtas, comerciais publicitários, vídeos institucionais, entre outros, por exemplo.

Mas afinal, o que faz uma produtora audiovisual?

A Produtora audiovisual irá cuidar de todas as etapas do processo de produção destas obras, por exemplo: Captação de recursos, licenças, produção executiva, contratação de profissionais especializados para a execução do projeto, pré produção e pós produção.

Clkaquete gif O que é audiovisual

Pré Produção:

A Pré produção como o próprio nome já diz, é tudo que necessita ser feito para conseguirmos produzir de fato aquela obra audiovisual. Tudo irá depender do projeto mas, basicamente são os passos a seguir:

  • Briefing
  • Análise de Budget / levantamento de recursos financeiros
  • Produção executiva (que irá fazer todo o planejamento do que irá ser necessário para a produção desde serviços como catering e locação, até a formação da equipe necessária como contratação de cinegrafistas e modelos).
  • Roteiro
  • Produção de Figurino e objetos
  • Produção de locação (se necessário)
  • Cenografia

Produção

Conhecemos como produção o dia efetivamente do shooting (filmagem ou fotografia). O dia do shooting é principalmente o dia onde realmente estaremos executando todo o planejamento feito na pré produção.

Então, aqui é onde iremos gravar todas as cenas para os filmes ou clicaremos todas as fotos do projeto.

Este é o processo mais trabalhoso, mas não o mais importante, na nossa opinião! Pois se o passo anterior da pré produção não for feito corretamente, pode arruinar por completo o dia da produção/ shooting.

Pós produção

É na pós produção onde todo o trabalho realizado realmente ganha vida!

Ou seja, é nesta etapa que iremos processar todas as imagens e vídeos realizados no shooting para realmente ganhar a forma que desejamos.

A pós produção é uma parte fundamental do trabalho de produção audiovisual. Pois afinal, é através dela que todo aquele trabalho realmente ganha corpo e sentido.

É na pós produção que a história é realmente revelada. E só depois dela que a história será contada para o mundo.

Precisa de ajuda para produzir conteúdo audiovisual para sua empresa? Envie uma mensagem pra gente e vamos juntes!

Categorias
Audiovisual

O que é stop motion?

Você com certeza já assistiu diversos filmes e conteúdos por aí feitos com esta técnica. Mas, você sabe exatamente o que é stop motion? E como ele é feito?

Precisa de ajuda na produção de vídeos?

Fale com a gente!

O que é stop motion?

assista nosso vídeo sobre Stop Motion

Stop Motion é um estilo de animação feito a partir de uma sequência de quadros. Primeiramente, ontamos uma cena e em seguida a fotografamos. Em seguida, a partir desta primeira foto, fazemos pequenos movimentos no cenário ou no objeto principal e vamos fazendo uma sequência de fotos destes pequenos movimentos. Essa sequência junta, forma um filme.

Os movimentos do Stop Motion podem ser por quadros mais marcados ou até mesmo tão rápidos ao passo que estas mudanças se tornam imperceptíveis. Dependendo do projeto, são feitas 600 fotos, ou mais.

Stop Motion produzido por nós para a Bride in Box

A ciência por trás da animação

Cada fotografia representa um quadro e, ao juntá-las em sequência, é possível criar vídeos com efeito de movimento.

Este fenômeno ocorre devido a uma ilusão de ótica, conhecida cientificamente como persistência da visão. Em suma, a imagem de um objeto visto pelo olho humano persiste na retina por uma fração de segundos após sua percepção. Dessa maneira, quando assistimos a uma sequência de imagens de algum objeto projetadas a 12 quadros por segundo, por exemplo, temos esta percepção de movimento contínuo.

Stop Motion produzido por nós para a Cia Marítima

Como surgiu ?

O stop motion como o conhecemos começou com o ilusionista e mágico George Mélies que gravou um stop motion sem querer enquanto gravava um filme e passou a utilizar a técnica. Posteriormente, ele gravou o famoso filme Viagem à Lua, em 1902, que conta sobre humanos desembarcando no satélite.

Mas, desenhos em sequência com ideia de movimento foram encontrados em cavernas pré-históricas as primeiras seqüências de figuras desenhadas pelo homem de modo a produzirem a sensação de movimento.

Essa descoberta confirma a percepção de movimento, quando por exemplo folheamos rapidamente desenhos ou fotografias em seqüência. Foi só em 1826 que o médico e filólogo inglês Peter Mark Roget publicou um estudo sobre este assunto.

CURIOSIDADE

Os filmes mais conhecidos produzidos em Stop Motion são: O Estranho Mundo de Jack (1993), de Henry Selick e roteiro de Tim Burton. A Fuga das Galinhas (2000) de Peter Lord e Nick Park , Wallace e Gromit (2005) de Steve Box e Nick Park, Coraline e o Mundo Secreto (2009) de Henry Selick.

Gostou do conteúdo? Se inscreva para receber nossa newsletter!

Processando…
Sucesso! Você está na lista.

 Para saber mais sobre audiovisual, conteúdo original e e-commerce acompanhe nossas redes sociais!

Categorias
Audiovisual

O que é audiovisual?

Hoje em dia estamos cercado de telas e conteúdos por todos os lados. Mas, você sabe o que é audiovisual?

Assista ao nosso video sobre O que é audiovisual

Precisa de ajuda na produção de vídeos?

Fale conosco!


Linguagem Visual

A linguagem visual é utilizada por nós humanos há muuuito muito tempo. Afinal, uma imagem vale mais que mil palavras e eu já disse isso por aqui.

Hoje Estamos rodeados de telas e imagens em todos os lugares. TODOS os lugares mesmo, sendo bombardeados por conteúdo audiovisual

Clkaquete gif O que é audiovisual

Mas, afinal o que é audiovisual?

O significado de audiovisual no dicionário é:

Diz-se do que se refere, a um tempo, à audição e à visão.

Dicionário da Língua Portuguesa Online

Portanto, qualquer obra que contenha em conjunto a imagem e áudio é uma obra audiovisual.

Com o passar do tempo, a quantidade de obras a serem com sideradas audiovisuais, ficou ainda mais ampla. Hoje, as áreas que englobam o audiovisual são o cinema, a fotografia, a filmagem em geral, rádio, tv e publicidade e claro os conteúdos audiovisuais para a internet.

O Audiovisual e a Internet

Com a internet o consumo de conteúdos audiovisuais cresceu exorbitantemente.

O instagram e o youtube, por exemplo, são redes sociais voltadas para o compartilhamento e consumo de conteúdo audiovisual.

E com a pandemia esse número aumentou ainda mais.

O tempo de consumo de streaming, por exemplo aumentou 63% em comparação com 2019.

E  mais de um bilhão de horas de conteúdo em vídeo são consumidas diariamente somente no youtube.

E sabemos que não só do de youtube e instagram vive a internet. A cada dia uma nova rede social audiovisual ganha força como os apps vizinhos Kwaii, Tiktok, twitch e o quase ultrapassado Snapchat.

O Audio

Os conteúdos em áudio estão também estão bombando! Os podcasts tem obtido um crescimento de 65% AO ANO NOS ULTIMOS 4 ANOS nos estados unidos. E no Brasil Segundo oIBOPE, cerca de 40% da população de internet do Brasil, o que resulta em 50 milhões de brasileiros, já ouviu podcasts. No entanto, um terço da população de internet não sabe nem do que se trata, o que mostra muito espaço para crescer ainda.

Amor pelo Audiovisual

O audiovisual está sempre em constante transformação. E ativamente acompanhando as mudanças de pensamento das sociedades e as inovações tecnológicas. E ao mesmo tempo ajudando a escrever a história da humanidade. Nos ajudando a contar a nossa história através de imagens.

E é esse o motor que nos move!

#amor por contar boas histórias Saiba mais!

Categorias
Vídeo

6 motivos por que as pessoas gravam vídeos

Os vídeos invadiram a internet! O Youtube é o segundo site mais acessado do mundo, perdendo apenas para a busca do Google. E Especialistas estimam que até 2022 82% do tráfego na internet será de vídeos. Fonte: Cisco. Mas, por que afinal as pessoas gravam vídeos?! Listamos os 6 motivos por que as pessoas gravam videos.

Siga nossas redes sociais

Precisa de ajuda na produção de vídeos?

Fale conosco!


assista também ao nosso vídeo sobre os 6 motivos porque as pessoas gravam videos

1- Para tornar a marca mais conhecida

Os vídeos são uma ótima ferramenta para ampliar o alcance da sua marca pois tem o poder de chegar em ainda mais pessoas através das redes sociais e até mesmo de seu site.

2-Conseguir mais vendas

Criar vídeos divertidos ou informativos ajuda aumentar a exposição da marca proporcionando maior oportunidade de conexão com novos clientes bem como com isso proporciona maior oportunidade de vendas.

3- Para crescer sua comunidade

Os vídeos são ótimas ferramentas para contar histórias! Histórias conectam e criam laços. E através destes laços conseguimos criar a nossa comunidade. E então sua empresa não terá somente consumidores mas, fãs.

4- Para informar e educar

Todo mundo precisa de uma ajudinha em alguma coisa, não é mesmo?! Então imagina se a sua empresa for aquele porto seguro para onde o seu público irá correr quando precisar resolver algum problema?!

Se você ajudar as pessoas a resolverem seus problemas e ainda mais sanar suas dores, elas irão sempre lembrar de você como um facilitador. Alguém útil, que grega. Um amigo, até mesmo um mentor. E voltarão sempre que precisar. Sem que você precise correr atrás delas desesperado por uma venda, por exemplo.

5- Construir autoridade

Sob o mesmo ponto de vista listado acima, o quinto motivo pelo qual as pessoas fazem  vídeo é para construir autoridade sobre um assunto e demonstrar especialização.

Em suma, isso significa que quando as pessoas estiverem procurando por ajuda em um determinado assunto, sua marca aparecerá. Depois de assistir a seus vídeos, se os espectadores sentirem que obtiveram uma visão única, eles confiarão mais em sua marca e explorarão outras ofertas, por exemplo.

E o sexto, útlimo e não menos importante…

6- Entretenimento

As pessoas utilizam as redes sociais em busca de Informação, relacionamento e entretenimento. Então, se você puder oferecer informação e entretenimento para elas você automaticamente criará um relacionamento com seu público.

Entretenimento é um dos principais conteúdos para gerar engajamento. Afinal as pessoas adoram se divertir! Pense em como seu vídeo poderá entreter a sua audiência e  aposte nesse tipo de conteúdo!

E por que você deveria investir em vídeos?

Video é o formato mais desejado pelos consumidores quando buscam aprender algo novo sobre produtos 69%. Seguido por posts no Blog com 18%, manual ou ebook (4%), apresentação (3%), infográfico (3%), venda direta, ligação ou demonstração pessoalmente  (2%). Fonte: Wyzowl e Hubspot.

Além disso, 97 % dos profissionais de marketing americanos disseram ao Hubspot que os vídeos ajudaram aos consumidores a entenderem mais sobre os seus produtos.

Então, o que você está esperando para aplicar a estratégia de vídeos na sua empresa?!

Quer saber como?! Acesse o link e agende um papo com a gente! Vamos juntos!

Categorias
Audiovisual

10 Tendências para o audiovisual em 2021

O audiovisual sempre foi um meio importante de comunicação. Mas, com a pandemia da COVID-19 e o distanciamento social, ele se tornou a forma mais utilizada para a comunicação tanto pessoal quanto de empresas. Por isso listamos as 10 principais tendências para o audiovisual em 2021.

Siga nossas redes sociais

Precisa de ajuda na produção de conteúdo para as suas redes sociais?

Fale com a RED!


1-Transmições ao vivo

As transmissões ao vivo se tornaram muito populares em 2020 e em 2021 elas continuam ativas. Com um pouco mais de critério do público, pois o mesmo se viu extremamente bombardeado de inúmeras transmissões ao vivo e se diz até um pouco cansado de tantas lives. Mas, elas continuam sendo uma ótima forma de comunicação, sendo bem planejada e bem pensada e claro, respeitando a vontade de seu público.

2-Direção e produção remota

Devido a pandemia do COVID-19, muitas produções foram adiadas e em seguida adaptadas para a realidade do momento que estamos vivendo. E com isso as equipes e produtoras conseguiram se reinventar e usar a tecnologia a seu favor.

Muitas produções estão sendo produzidas de forma totalmente remota ou mista, onde tem uma pequena parte da equipe pessoalmente e o restante online.

Aqui na RED fizemos diversos trabalhos em 2020 e em 2021 de forma remota ou através do acompanhamento remoto, pelo cliente. Produzimos tanto fotos como vídeos. E tem sido uma experiência ótima e super produtiva, tanto para os nossos clientes quanto para a nossa equipe.

Ganhamos em agilidade sem perder a qualidade

3- Video Marketing

O Video Marketing é uma estratégia de marketing digital que vem se consolidando como uma estratégia extremamente eficiente. E cada vez mais empresas estão a utilizando em seus planejamentos de marketing. 91% dos profissionais de marketing acham que a pandemia tornou o vídeo mais importante para as marcas.

Ao usar a estratégia de vídeos você aproxima seu público a sua empresa, melhora seus resultados no google, gera leads, amplia o branding e é capaz de reverter em crescimento de vendas. Segundo o Hubspot as estratégia de marketing digital que envolvem vídeos, aumentam em até 97% a intenção de compra do cliente e em 139% a associação com a marca e mais da metade dos consumidores disseram que os vídeos ajudaram a decidir qual marca ou produto específico comprar.

4- Formato Responsivo

Temos utilizado cada vez mais o formato responsivo de fotos e vídeos nas produções de conteúdo audiovisual para o formato digital. Com a demanda de projetos triplicada, principalmente para aliementar os meios digitais das empresas como sites, e-commerces e redes sociais.

O conceito responsivo é quando utilizamos o mesmo arquivo em diversos formatos como para o instagram feed, instagram stories, banner site, entre outros. Este conceito já é amplamente utilizado em sites.

Como o conteúdo audiovisual não possui esse tipo de função automática ainda, ao menos sem perder nada na qualidade da imagem ou vídeo, precisamos criar um método para fazer produções responsivas que facilite a edição ou mesmo a hora do shooting.

Seja feito de ambas as formas para não perdermos a qualidade. Por exemplo: perder um pedaçlo da imagem feita em 5×7 em um banner de site é muito comum. O que sabemos, pode afetar diretamente na qualidade daquela imagem, não só em termos de qualidade em pixels como em entendimento da história que ela quer contar, pois atinge diretamente ao enquadramento.

5- Lo-fi videos

“Lo-fi Video: Low Production Equals High Impact.” – fonte: Instagram Business

Os Lo-fi videos, são vídeos produzidos especificamente para as redes sociais com uma produção menor e consequentemente mais barata que um vídeo de publicidade, por exemplo.

A característica dele é justamente sewr uma produção menor, feita com recursos simples, mas com muita criatividade, para manter a qualidade da informação passada.

Os Lo-fi vídeos viraram tendências justamente por serem os vídeos mais produzidos pelos influencers digitais. Hoje, muitas marcas já produzem seu próprios vídeos Lo-Fi como conteúdos próprios para o instagram ou mesmo youtube ads.

6- EAD

Com a pandemia, cursos e treinamentos precisaram ser adaptados para o universo EAD. Mas, o EAD já era uma realidade muito antes da pandemia. Porém, a pandemia ajudou  a quebrar alguns paradigmas que ainda giravam em torno do ensino EAD tanto para o ensino formal, quanto para os treinamentos empresariais. Por exemplo, 87% dos usuários do YouTube assistem a vídeos para aprender algo novo.

Segundo o hub de tendências Think With Google: Um conteúdo autêntico torna o aprendizado ou a compra menos aterrorizante e dá aos usuários a confiança necessária para agir.

Think With Google

Com o home office cada vez mais presente na vida dos profissionais, muitos treinamentos precisaram ser realizados principalmente para as lideranças para gestão de equipe e de produtividade. E como muitas empresas estão anunciando manter suas equipes em home office mesmo após a pandemia Mark Zuckerberg, por exemplo, previu que 50% da força de trabalho da empresa poderia estar trabalhando remotamente em uma década, previsão feita antes da pandemia, este é um recurso que continuará a ser bastante utilizado em 2021 e anos seguintes.

7- Virtual Events

Com o distanciamento social, os eventos presenciais foram todos adiados ou cancelados. Agora se adaptaram para o meio virtual. Grandes eventos empresariais agora estão sendo transmitidos de forma virtual. Como os lançamentos de produtos e convenções empresariais, por exemplo.

Com isso, as empresas e as produtoras estão cada vez mais inovando em tecnologia e em dinâmicas específicas para realizar estes eventos de forma realmente efetiva e que gere resultados tanto quanto os eventos presenciais geravam.

8- Digital signage

Aqui falamos sobre os vídeo walls! Os vídeos walls já eram muito utilizados em cenários de shows e eventos grandes. Mas, tem cada vez mais invadido as cidades, em fachadas de prédios ou lojas.

Estas mega telas de LEDs sutilizam de muita tecnologia audiovisual e altíssima resolução para criar imagens impactantes e criar uma nova forma de publicidade outdoor e indoor.

video wall feito pelo 3D Mapping Factory no aeroporto de Vienna

9- Inteligencia Artificial

A inteligencia artificial tem crescido a cada ano com  muita tecnologia e tem sido cada vez mais implementada nas produções audiovisuais. Deep Learning, Machine Learning, Neural TTS e Deep Fake são algumas das ferramentas de Inteligência Artificial mais utilizadas atualmente.

Além é claro das ferramentas para produções 360 e 3d. E claro as automações cada vez mais disponíveis para a acessibilidade dos conteúdos audiovisuais digitais como visitas online, legendas automáticas, transcrições automáticas e entre outros.

10- Touchless

O Mundo em distanciamento oficial afetou também a era do touch. A grande maioria dos projetos de automações e experiencias audiovisuais em atendimento ao público vinha sendo baseado no toque, ou touch screens.

Além é claro das muitas salas de conferência que tinham conexões com e sem fio, vários sistemas operacionais e fontes analógicas e digitais. Seriam necessários vários botões, cabos e etapas para colocar o sistema em funcionamento. Ele também apresentou muitos pontos de contato e dores de cabeça em potencial.

Com o distanciamento social e o perigo associado ao tocar superfícies onde muitas outras pessoas também tocam, essas tecnologias precisaram ser repensadas. E a tecnologia hands free agora esta com alta popularidade com tecnologia viva-voz e sem toque.

Apresentações sem fio, microfones sem contato e sistemas AV controlados de dispositivos móveis se tornarão a norma. Isso permite uma abordagem mais higiênica para áreas anteriormente de alto contato.

A produção de conteúdo audiovisual está em constante transformação de acordo com as novas tecnologias, tendências de mercado e necesssidades dos consumidores. Trabalhar com audiovisual exige estudo constante e muita pesquisa, criatividade e inovação.

Vamos juntos neste caminho delicioso! #vemcomaRED

Gostou do conteúdo? Se inscreva para receber nossa newsletter!

Processando…
Sucesso! Você está na lista.
Categorias
Audiovisual

Audiovisual e cinema são a mesma coisa?

Contar histórias com imagens tem sido uma tarefa bem antiga para nós humanos, pré histórica, por sinal. Mas, o audiovisual vem evoluindo ao passo da sociedade e tem nos permitido contar histórias com cada vez mais recursos. É muito comum quando falamos sobre audiovisual, lembrramos imediatamente de cinema. Mas, será que audiovisual e cinema são a mesma coisa?

Como tudo começou

A contação de histórias através de imagens projetadas teve início no século XVII  através da lanterna mágica. Onde o contador de história utilizava uma caixa com dois furos para a entrada e saída da luz, e através de imagens pintadas a mão em vidro as projetava nas paredes.

Foi a partir das descobertas tecnológicas que permitiu o surgimento da fotografia que começou a longa caminhada do audiovisual.

Foi a partir da evolução das câmeras obscuras que permitiu a criação das câmeras para gravar vídeos e áudios.

O CINEMA

Ah, o cinema! Quem não tem a memória afetiva de um belo filme que assistiu no cinema?! O cinema tem feito parte da nossas vidas desde 1895 quando os irmãos Lumiere projetaram pela primeira vez um filme em um café de Paris. E desde então não conseguimos mais viver sem ele. Mas, o cinema é apenas uma das vertentes do audiovisual.

audiovisual e cinema são a mesma coisa? fotografia dos irmãos lumiere reprodução da internet
reprodução da internet

Mas, o que afinal é audiovisual?

O significado de audiovisual no dicionário é: Diz-se do que se refere, a um tempo, à audição e à visão.

dicionário da lingua portuguesa

Portanto, qualquer obra que contenha em conjunto a imagem e o áudio é uma obra audiovisual.

Dentro das áreas que englobam o audiovisual existem o cinema, a fotografia, a filmagem em geral, rádio, tv e publicidade. E hoje em dia, é claro a internet! O youtube e o instagram, por exemplo, são redes sociais criadas para o compartilhamento de conteúdo audiovisual.

Por que o audiovisual faz tanto sucesso?

Nós já falamos muito por aqui que uma imagem vale mais que mil palavras, não é mesmo?!

Mas, a verdade é justamente essa! Nossa comunicação sempre foi muito visual. Mas com a internet esse consumo de comunicação audiovisual de multiplicou! É foto, é vídeo, é meme, é dancinha, é podcast, e a cada dia uma nova tendência de conteúdo audiovisual surge.

Isso sem nem entrar no mérito dos filmes e séries e os diversos canais de streamings que tem surgido a cada ano com ainda mais novidades.

O audiovisual em números

O audiovisual é uma indústria que movimenta a economia mundial. De acordo com a Unctad, em termos mundiais, a dimensão do mercado global de bens criativos expandiu-se substancialmente, duplicando de tamanho, de US$ 208 bilhões, em 2002, para US$ 509 bilhões em 2015.

Somente no Brasil o audiovisual movimenta mais de 20 bilhões de reais e gera mais de 300 mil empregos diretos e indiretos. E além de movimentar a área cultural, com os cinemas e streamings, também estimula o crescimento de diversos outros seguimentos de mercado com os conteúdos voltados ao marketing e publicidade, por exemplo.

Então, deu para entender a dimensão da potência que o audiovisual tem, além do cinema?! E os próximos anos prometem ter ainda mais novidades com as novas tecnologias sendo implementadas ao audiovisual como a realidade aumentada e os deepfakes sendo usados como recurso de dublagem, por exemplo. Mas, isso é somente a pontinha do que podemos esperar para o futuro do audiovisual. Estamos sempre atentos e em constante transformação! Sem jamais deixar de amar os clássicos e revisitar a história.

Gostou do conteúdo? Se inscreva para receber nossa newsletter!

Processando…
Sucesso! Você está na lista.

Gostou do conteúdo? Se inscreva para receber nossa newsletter!

Categorias
Fotografia Vídeo

5 Mulheres pioneiras do audiovisual que você precisa conhecer!

Em homenagem ao dia internacional da mulher, 8 de março, resolvemos escrever este post saudando estas 5 mulheres pioneiras do audiovisual que abriram caminhos, romperam barreiras e fizeram história!

1. Alice Guy Blaché

Mulheres pioneiras do audiovisual - Alice Blaché
reprodução internet

Antes que alguém tivesse feito qualquer coisa, a diretora francesa Alice Guy-Blaché já estava fazendo de tudo! Atuou como diretora entre 1894 e 1922. Ela não só é a primeira diretora do cinema francês, bem como provavelmente a primeira mulher a dirigir um filme na história! E também uma das primeiras pessoas a ser reconhecida como diretora no mundo para além do gênero.

Dirigiu nada menos que cerca de 700 filmes em sua carreira, contudo Alice também produzia, escrevia e atuava em seu trabalho. Muitos de seus filmes desapareceram no tempo, mas diversos ainda podem ser vistos. Em 1922 ela se divorciou, seu estúdio foi à falência e nunca mais filmou novamente.

Muitas das técnicas desenvolvidas por ela, no entanto, até hoje são padrões essenciais para se fazer um filme. São elas: narrativa, edição, close-up, som sincronizado, efeitos especiais primitivos e colorização manual.

2. Cléo de Verberana – primeira mulher brasileira a dirigir um filme que se tem notícia

Mulheres pioneiras do audiovisual
jacyrasilveira Instagram posts (photos and videos) - Picuki.com
reprodução internet

Primeiramente, Cléo de Verberana, iniciou sua carreira como atriz, aos 22 anos, em 1931. Em seguida se tornou a primeira mulher brasileira a dirigir um filme que se tem notícia, com O Mistério do Dominó Preto. Para realizá-lo, ela e o marido, que recebera uma herança, venderam jóias bem como propriedades. Importaram equipamentos da França, e enfim montaram a produtora Épica Film. Cléo também produziu e atuou no filme.

Depois da morte de seu marido, em 1934, ela fechou sua produtora e desligou-se do cinema. Cleo de Verberena faleceu em 1972. Mas, sua investida como cineasta em 1930 fez escola, marcando a abertura de um ciclo ininterrupto da efervescente contribuição das mulheres na construção de nossa identidade fílmica brasileira.

3. Tina ModottiFotógrafa e revolucionária

Mulheres pioneiras do audiovisual Tina Modotti
reprodução internet

Nascida em uma família de operários italianos e teve de enfrentar a fome e o trabalho árduo em uma fábrica de tecidos. Depois, migrou para o USA e depois para o México.

Tina participou de algumas apresentações de teatro para a comunidade italiana da cidade e logo depois conseguiu trabalhar em alguns filmes dos primeiros anos de Hollywood.

Em meio aos artistas estadunidenses da época, Tina conheceu Robo, Roubaix de l’Abrie Richey com quem viveu, até que morresse de varíola em uma viagem ao México, em 1922.

Tina acabou chegando ao México em meio a essa tragédia pessoal, mas logo se encantou pelas cores, pelo espírito caloroso do povo mexicano e principalmente pelo engajamento com que viviam os artistas que conheceu. Foi nesse ambiente que começou a fotografar.
Posou como modelo para alguns murais de Diego Rivera. Em um deles, aparece ao lado de Frida Kahlo distribuindo armas ao povo para a luta revolucionária.

Enquanto comandava um estúdio de fotografia na Cidade do México durante a década de 1920, Modotti inspirou um grupo de amigos boêmios, pensadores e artistas revolucionários, incluindo Frida Kahlo, José Clemente Orozco e Diego Rivera.

4. Cindy Sherman – fotógrafa e ativista

Mulheres pioneiras do audiovisual Cindy Sherman
Courtesy of the artist and Metro Pictures, New York

A série inovadora de autorretratos “Untitled Film Stills”  de Cindy Sherman, ” a colocou no papel de uma donzela de Hollywood em um filme noir. A série de 1970 aponta para os estereótipos de gênero que as mulheres eram (são?) obrigadas a ser retratadas no cinema. E até hoje Cindy Sherman produz em seu trabalho críticas socio culturais de forma artística e provocativa.

Sherman aponta para os estereótipos que muitas vezes retratam as mulheres no cinema assim como oferece uma crítica sobre a saturação de imagens na mídia. Hoje, Sherman é conhecida como uma das artistas mais prolíficas de sua geração e continua a produzir trabalhos com foco na crítica cultural.

5. Adélia Sampaio – primeira mulher negra brasileira a dirigir um filme

reprodução internet – jornal Tribuna de Minas

 Filha de empregada doméstica e de origem pobre, Adélia Sampaio tornou-se, em 1984, a primeira mulher negra a dirigir um longa-metragem no país, com o filme Amor Maldito, sobre um caso real de um embate de uma lésbica com a justiça. Que Adélia também produziu e escreveu.

O filme estreou pouco tempo depois em algumas salas de cinema de São Paulo, com alerta de censura para menores de 18 anos. Apesar de não ter tido divulgação, o longa foi um sucesso.

Em 2018 Amor Maldito foi exibido no FIM CINE o Festival internacional de Mulheres no Cinema e na Mostra Diretoras Negras no Cinema Brasileiro.

O filme inaugurou a temática lésbica no cinema brasileiro. Conta a história real de amor entre duas mulheres que pela falta de aceitação, resulta no suicídio de uma delas enquanto a outra é acusada de sua morte.

Apesar de baseado em um fato verídico, como a maioria de seus filmes, Adélia conta que na época a Embrafilme recusou seu filme dizendo que “Jamais financiaria tal aberração”.

 No auge do movimento Pornochanchada, ela enfrentou o preconceito da indústria e teve que lançar seu longa travestido pelo gênero. Devido a essa falta de apoio estatal, a produção do filme se deu através de parcerias, o que o tornou o primeiro longa metragem em estado cooperativo da época. Assim, atores e técnicos recebiam uma ajuda de custo e uma porcentagem do filme.

Um Viva a todas as mulheres do audiovisual! Que possamos ter um audiovisual mais diverso e com salários e oportunidades iguais para homens e mulheres!

Gostou do conteúdo? Se inscreva para receber nossa newsletter!

Processando…
Sucesso! Você está na lista.

Para saber mais sobre audiovisual, conteúdo original e e-commerce companhe nossas redes sociais!

BAIXE O NOSSO E-BOOK

IDÉIAS DE CONTEÚDO PARA O ANO INTEIRO!